6 dicas para cuidar da saúde mental de idosos no isolamento

O período de quarentena decretado pelas autoridades de diversos países do mundo tem como objetivo a diminuição da propagação do novo coronavírus (SARS-CoV-2). Pessoas de todas as idades foram aconselhadas a ficar em casa, reduzindo o risco de contaminação.

Entre elas estão os idosos, que são considerados parte do grupo de risco da COVID-19. Porém, além do cuidado com a prevenção da doença, também é preciso se atentar à saúde mental das pessoas maiores de 60 anos durante o período de isolamento social.

Isso porque o estresse e o possível sentimento de solidão no confinamento podem afetar o sistema imunológico, deixando o corpo mais frágil no combate à vírus e bactérias, e possibilitando o surgimento de doenças e infecções, como a gripe, amigdalite, herpes e abscessos, por exemplo.

Principalmente os idosos acima dos 80 anos, devido às complicações imunológicas causadas pela idade, devem se manter em isolamento total durante a pandemia, não recebendo a visita de familiares e sem sair de casa para realizar atividades do dia a dia.

Consequentemente, a falta de contato social pode desencadear transtornos mentais, como a depressão e ansiedade, fragilizando ainda mais a saúde desse grupo. Por isso, algumas ações e atividades podem ajudar os idosos a enfrentar esse período de forma mais saudável. Confira as sugestões indicadas:

  1. Contato online
  2. Grupos de conversa
  3. Consumo de notícias
  4. Tarefas domésticas
  5. Ativar os sentidos
  6. Dançar

Atenção aos sinais

O período de isolamento social pode desencadear alguns tipos de transtornos mentais em qualquer pessoa. A avaliação deve ser feita por um profissional da área, porém, a neuropsicóloga Tammy Marchiori explica que alguns sinais podem apontar quando a saúde mental dos idosos está comprometida, como:

  • Desaceleração geral ou inquietação
  • Negligência de responsabilidades e autocuidado
  • Diminuição da capacidade diária de funcionar, sendo confuso, preocupado e agitado
  • Incapacidade de encontrar prazer em qualquer atividade
  • Dificuldade para se motivar pela manhã
  • Humor ou irritabilidade, que pode se apresentar como irritado ou agressivo

Caso haja a necessidade, é possível realizar consultas online com psicólogos e profissionais especializados em saúde mental durante a pandemia, garantindo um diagnóstico preciso e oferecendo a ajuda necessária para cada caso.

​Fale Conosco

Dúvidas, Cotações e Atendimento ao cliente

(21) 3435-3424 - 09h às 18h
(21) 99472-3020 - Central 24 horas